POR DIGNIDADE MENSTRUAL
PARA MULHERES E MENINAS!

Exija que os/as deputados/as estaduais derrubem o veto do governador da
Paraíba ao projeto de lei da “Menstruação Sem Tabu” - PL 1.436/2019:






A pobreza menstrual é uma realidade vivida por milhares de pessoas que menstruam

Segundo dados da UNICEF (2021) mais de 4 milhões de adolescentes não têm acesso a itens mínimos de cuidados menstruais no Brasil. Devido a falta de acesso à absorventes higiênicos e/ou coletores menstruais, à informação sobre menstruação e à infraestrutura adequada para o manejo da higiene menstrual, os impactos na saúde e no rendimento escolar são enormes, assim como os transtornos cotidianos e constrangimentos.

Nesse sentido, o PL 1436/2019, de autoria da deputada Estela Bezerra (PSB), propõe o enfrentamento desse problema na Paraíba, instituindo e definindo diretrizes para o programa Menstruação sem Tabu”. O programa tem o objetivo de "universalizar o acesso à absorventes e coletores menstruais e fomentar a conscientização sobre a menstruação enquanto processo natural no ciclo de vida das mulheres".

E apesar de ter sido aprovado em abril deste ano pelos/as deputados e deputadas da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), ao chegar nas mãos do governador do Estado, João Azevedo (Cidadania), o projeto foi totalmente vetado.

A boa notícia é que o PL será apreciado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da ALPB, e depois, segue para plenário, onde teremos a chance de derrubar o veto do governador!

Por isso, vamos pressionar os/as parlamentares da ALPB pela derrubada do veto ao PL 1.436/2020 e exigir mais ações estatais para garantir dignidade menstrual para todas as pessoas que menstruam!

Insira seu nome e e-mail no formulário ao lado e envie agora sua pressão:

A falta de recursos para garantir a dignidade menstrual é uma realidade vivida por milhares de pessoas que, quando menstruadas, não têm acesso à absorventes higiênicos e ao saneamento básico adequado.

Esse cenário tem se agravado no atual contexto de crise econômica, sanitária e de profunda desigualdade social no Brasil e, por isso, precisa de mais atenção do Estado e da sociedade. Nos mobilizamos nesta campanha porque acreditamos que a derrubada do veto ao PL 1.436/2019 será um grande passo para enfrentarmos a pobreza menstrual na Paraíba!

Conheça as organizações parceiras nesta causa: